O INFERNO



( a situação econômica atual do Brasil) 




Excelente entrevista do ex-presidente do Banco Central Armínio Fraga. De forma sucinta coloca o déficit fiscal como o grande desafio para o país e principalmente para o próximo presidente e para o congresso federal. A balança comercial tem sido superavitária e no ano passado atingiu o seu record de 67 bilhões de dólares. O balanço de pagamento ficou em 9.7 bilhões negativos, baixo em relação aos últimos anos, perfeitamente compensado pelos investimentos externos. A inflação continua sob controle na ordem de 2.8 % nos últimos 12 meses e a Selic estacionou em 6.5%.  A volatilidade é por conta da variação cambial decorrente do aumento da taxa de juros na terra do tio Sam que já atingiu cerca de 3% a.a. Com isto passa a ser atrativo o investimento em porto seguro, levando o capital dos países emergentes como o Brasil. Fica a dúvida se permanecerá a variação cambial e como ela afetará a inflação. Para agravar o preço do petróleo no mercado internacional atingiu 80 dólares o barril. Somando com a variação cambial está contribuindo para o aumento do preço da gasolina no Brasil. Começa a dar espaço para o álcool. Em suma, o grande desafio continua sendo o déficit fiscal em sua maioria devido ao déficit da previdência social. As ações certamente seguirão no caminho da reoneração da folha de pagamento. Isto representa hoje cerca de 7% do PIB e certamente estará no radar.  O próximo governo terá que enfrentar a redução dos gastos públicos e certamente terá que colocar em pauta a redução dos privilégios públicos. Tudo isto constitui um desafio do tamanho de 5% do PIB. O inferno atual é o déficit fiscal. O problema é que o inferno mora nos detalhes.
Fonte: https://blogs.oglobo.globo.com/miriam-leitao/post/o-corte-certo.html

Comentários

Popular Posts

REVISÃO DO FGTS - INPC X TR ( PERÍODO DE 1999 A 2013)

COMO CORRIGIR O PASSADO - A VIDA TODA

EMPRÉSTIMO CONSIGNADO - APOSENTADO INSS - aumento de margem 40%