500 MILHÕES


( SEMPRE ELES  : JEFFERSON , PAULINHO E JOVAIR ) 





Sempre eles, Centrais Sindicais, Federações e sindicatos de empregados envolvidos em mais uma operação da polícia federal cuja fonte é a contribuição sindical. Paulinho da Força e o sempre presente e inesquecível ex-presidiário do mensalão Roberto Jefferson estão no topo da investigação. Estamos falando de contribuições sindicais, feitas legalmente, mas moralmente ilícitas, por milhões de trabalhadores brasileiros nos últimos anos e que não foram repassadas para a estrutura Sindical. Podemos concluir que “os companheiros” tem um ativo para receber na ordem de 500 milhões de reais, mostrando incapacidade de controle operacional e de recebê-lo. São guias mal preenchidas e recebidas pela Caixa Econômica e que não possibilitaram a identificação dos seus donos. É muita incapacidade gerencial entre os que tem a receber (os sindicatos) e os que devem pagar, no caso, a Caixa Econômica Federal.  Como os companheiros não estão muito dispostos a esperar pela devolução do dinheiro no prazo legal, no meio do caminho fizeram tentativas e saques através de assinaturas não permitidas legalmente. Este é mais um exemplo do dinheiro público, captado por parasitas do estado, através de contribuições sindicais impositivas, que nunca guardaram retorno aos seus contribuidores. Mais uma prova da sanidade da reforma trabalhista que tornou a contribuição sindical voluntária, onde só paga o trabalhador que considerá-la justa e adequada. Desculpem a redundância, mas é preciso repetir o mantra:  enquanto não fizermos a mesma coisa com os partidos políticos, eliminando o fundo partidário pago pelo dinheiro público (este ano de 2.7 bilhões de reais), continuaremos financiando esses “sangues sugas” pela eternidade. Se querem dinheiro para financiar suas instituições e campanhas eleitorais que o busquem com aqueles que acreditam em seus planos e projetos e não da grande maioria dos brasileiros. Somente os deputados e senadores podem mudar este quadro por projeto de lei federal.  Seria importante saber o que o seu próximo candidato pensa a respeito.
Fonte https://oglobo.globo.com/brasil/pf-investiga-ligacao-de-partidos-com-fraude-em-repasses-sindicatos-22791258
JOÃO TEIXEIRA DE AZEVEDO NETO



Comentários

Popular Posts

REVISÃO DO FGTS - INPC X TR ( PERÍODO DE 1999 A 2013)

COMO CORRIGIR O PASSADO - A VIDA TODA

EMPRÉSTIMO CONSIGNADO - APOSENTADO INSS - aumento de margem 40%