O COLCHÃO


(Não existe mágica no preço do petróleo)




Não é um anúncio comercial. É uma prática de gestão usada por muitas consultorias no mercado. Por terem projetos cíclicos e sem continuidade de receita permanente poupa-se em tempos de bonança para sobreviver em tempos de guerra. A fábula sobre a cigarra e a formiga é um belo exemplo que conhecemos desde os tempos de criança.  Não adianta querer fazer mágica para enfrentar o problema do aumento de preço dos derivados do petróleo.  Ele está alto (com viés de alta) em vista do aumento do preço do barril do petróleo no mercado internacional e pela desvalorização do dólar nos mercados emergentes, pelo aumento da taxa de juros nos Estados Unidos. São fatores exógenos que não dependem da nossa boa vontade. Implementando o conceito do colchão poderemos no futuro poupar uma parte da receita obtida com o petróleo provisionando para tempos futuros onde houver a queda de preço da commodity. Isto sempre foi cíclico e vai repetir-se por muitas vezes.   Só não cabe subsidiar os derivados jogando a conta para a sociedade pagar direta ou indiretamente através dos impostos. Não precisas ser genial, é só seguir as melhores práticas usadas com sucesso pelo mercado.  
Evolução de preço: https://www.google.com.br/search?q=grafico+evolutivo+do+pre%C3%A7o+do+petroleo&tbm=isch&source=iu&ictx=1&fir=Fi8nyP_mzGsDaM%253A%252CFYnOilZJmGwUJM%252C_&usg=__VnzE99oooGmk18EKg32kFBlAADw%3D&sa=X&ved=0ahUKEwihkZufm7rbAhVKEpAKHco4DjkQ9QEITTAD#imgrc=Fi8nyP_mzGsDaM:
JOÃO TEIXEIRA DE AZEVEDO NETO




Comentários

Popular Posts

REVISÃO DO FGTS - INPC X TR ( PERÍODO DE 1999 A 2013)

COMO CORRIGIR O PASSADO - A VIDA TODA

PECULIO INSS