OPINIÃO

( O VETO AO VEREADOR LYRA)


Um assunto que era do varejo foi para o atacado. Como diria  Roberto da Matta foi da casa para a rua.  A candidatura do atual vereador do NOVO Leandro Lyra virou noticia no jornal o Globo. É um assunto controvertido porque existem correntes distintas de pensamento. A primeira é que o candidato estaria abandonando o cargo para o qual foi eleito. Outra, com a qual me identifico, estaria dentro da proposta legislativa, e dentro do mesmo partido,  buscando uma oportunidade mais abrangente,  progredindo da esfera municipal para federal. É completamente diferente de um deputado federal ou estadual, eleito pelo partido para um cargo legislativo, transferir-se dentro da legislatura para um outro cargo para outro poder, usualmente o executivo. Muitos são os casos de representantes eleitos como deputados que vão ocupar vagas em funções executivas, como dirigentes de estatais ou de empresa públicas. Pelo estatuto é prorrogativa do partido  decidir pela candidatura. Assim fez o diretório regional do Rio de Janeiro, que aprovou a sua candidatura dentro do  processo de seleção dos seus candidatos para 2018. O diretório nacional entendendo contrariamente vetou a candidatura. O conflito foi parar no STF onde o martelo será batido.  Entendo legitimo o processo de escalada do candidato à justiça para tentar buscar o seu propósito. É democrático recorrer a uma terceira parte quando discordamos da decisão tomada em relação a nossa proposta. Em organizações democráticas o processo de escalada de decisão é institucionalmente aceito e também incentivado visando dar maior justiça às decisões.  Opinião e bumbum cada um tem o seu. Dentro de um ambiente democrático devemos respeitar todos os pensamentos. Espero que o incidente não venha a prejudicar a imagem do Leandro Lyra, vereador que tem se colocado com ética e competente performance em todos o seus atos no mandato parlamentar .
Fonte : https://oglobo.globo.com/brasil/partido-novo-vive-conflito-interno-em-torno-de-candidatura-de-vereador-22972789


JOÃO TEIXEIRA DE AZEVEDO NETO

Comentários

Popular Posts

REVISÃO DO FGTS - INPC X TR ( PERÍODO DE 1999 A 2013)

COMO CORRIGIR O PASSADO - A VIDA TODA

PECULIO INSS