ORDEM E PROGRESSO


( A QUESTÃO FISCAL )

Na evolução histórica do PIB Brasileiro, nos anos de 2015 e 2016, o PIB reduziu em 7.5%(3.77% e 3.60%). Cresceu 1% em 2017 e tem perspectiva de crescer mais 1% em 2018. Nos últimos quatro anos temos um decréscimo de 5.4% em relação à 2014. Isto concorreu para um desemprego de 13%, com 13 milhões de pessoas desempregadas. Nosso maior desafio é voltar a crescer para aumentar o nível do produto, do emprego e da renda. Crescendo a 1% ao ano, como nos dois últimos anos, só atingiremos o mesmo patamar de 2014 em 2024. 

Não tem saída mágica, precisamos aumentar a nossa produtividade e equacionar a nossa dívida pública, hoje  na ordem de 77% do PIB, com viés de crescimento para 100%. Para este ano está previsto mais um déficit fiscal de 159 bilhões de reais. Nunca o lema "ordem e progresso"( eu diria fiscal)  foi tão verdadeiro e necessário ao Brasil. 

Dado essas duas irrefutáveis direções estratégicas, quem quiser governar este país precisará dizer com planos e projetos como vai aumentar a nossa produtividade e otimizar os nossos resultados  pela elevação eficaz das receitas e/ou  pela redução das despesas do nosso orçamento público. 


JOÃO TEIXEIRA DE AZEVEDO NETO

Comentários

Popular Posts

REVISÃO DO FGTS - INPC X TR ( PERÍODO DE 1999 A 2013)

COMO CORRIGIR O PASSADO - A VIDA TODA

EMPRÉSTIMO CONSIGNADO - APOSENTADO INSS - aumento de margem 40%